quarta-feira, 6 de julho de 2011

O que fazer com o lixo?


A foto acima mostra uma triste realidade nas ruas de Pouso Alegre. O problema pode ser observado em diversos bairros do município, todos os dias da semana, principalmente às segundas-feiras. Uma bela paisagem para começar a semana, não é?!

Já há algum tempo foram retirados os latões de lixo das ruas da cidade para que um novo sistema de coleta de lixo fosse implantado. A decisão causou tumulto e, atualmente, algumas pessoas, apontam que o lixo espalhado nas ruas é devido a essa medida. Mas o que muitos não lembram e que mesmo com os latões, a situação não era diferente!

Parte do problema está mesmo com a população. A prefeitura distribuiu nas casas, quando os latões foram retirados, um folheto com o horário que os caminhões de lixo estariam passando nos bairros, para que cada morador deixasse o lixo na porta de casa. Facilitando assim, o trabalho dos garis e colaborando diretamente com a limpeza das ruas de Pouso Alegre.

Entretanto alguns moradores continuam a colocar suas “sacolas” de lixo nos horários incorretos e aos finais de semana (dias em que o caminhão não passa e o acúmulo de lixo residencial é maior). Sem contar que a coleta de lixo de seletivo virou lenda...

Promessas com relação à coleta seletiva foram feitas, e que a mesma geraria emprego e renda para os catadores de lixo do município. Esporadicamente eu vejo o caminhão da coleta seletiva em algumas ruas da cidade, mas sempre vazio.

Mas de quem é a culpa? Da prefeitura por não fazer um trabalho efetivo com a população, de educação e conscientização? Ou da própria população em cobrar melhorias na coleta e depósito do lixo da cidade e não colaborar com a sua parte?



domingo, 5 de junho de 2011

Cuidar para viver bem


Segundo o Censo 2010, em Pouso Alegre existem apenas 7 pessoas de 95 a 99 anos e todas são mulheres. No Brasil a expectativa de vida para elas é de 77 anos, enquanto para eles é de 69,4 anos. Fazendo com que no país existam mais mulheres do que homens. Esses números são causados porque o homem não cuida de si mesmo.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que 19,5% dos homens do planeta são dependentes do álcool e 6,9% das mulheres apresentam dependência. Já quando o assunto é o tabaco as pesquisas da OMS indicam que 47% dos homens e 12% das mulheres fumam.

Mais o grande problema dos homens, em sua maioria, é o temido exame para diagnosticar o “câncer de próstata”. Este tipo de câncer representa mais de 40% dos tumores que atingem os homens acima dos 50 anos. E de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), 50 mil novos casos de câncer de próstata aparecem por ano no Brasil.

Apagar o cigarro, evitar o consumo excessivo de álcool, visitar anualmente um médico não irá abalar a masculinidade de nenhum homem. A não ser na cabeça dos ignorantes ainda existentes por aí... Muito pelo contrário, o homem que cuida da própria saúde ajuda a reduzir essas tristes estatísticas.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Do baú

Curiosamente achei esse vídeo em um computador da faculdade e resolvi postar aqui no blog. O vídeo em questão mostra o momento exato que o Posto Fernandão, que fica na rodovia Fernão Dias em Pouso Alegre, pegou fogo. O acontecimento foi no dia 20 de fevereiro deste ano e segundo o corpo de bombeiros teria iniciando por uma faísca da bateria de uma carreta. Na ocasião ninguém ficou ferido.

video

sábado, 21 de maio de 2011

Jornalismo Univás promove mostra de cinema

O curso de Jornalismo da Universidade do Vale do Sapucaí – Univás irá realizar dos dias 09 a 11 de junho, pelo 3º ano consecutivo a 4ª Mostra Itinerante do Filme Documentário e Etnográfico no salão de eventos da Unidade Fátima. O evento tem entrada franca e é aberto a população.

Os filmes exibidos que são exibidos no evento deste ano é uma seleção dos que foram apresentados no forumdoc. bh, que acontece há 14 anos em Belo Horizonte, e dos títulos do acervo da Associação Filmes de Quintal. A programação da 4ª edição do forumdoc.mg, trás filmes que abordam diversos temas e tem como intuito uma reflexão política e social. A programação completa, sinopse dos filmes e outras informações você confere no site do fórumdoc.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Amor em Pauta


Na última quinta-feira o Supremo Tribunal Federal reconheceu em votação histórica e por unanimidade, a união estável entre pessoas do mesmo sexo. Os dez ministros presentes na votação deram parecer favorável para que casais gays tenham direitos semelhantes aos casais heterossexuais, como inclusão do parceiro em planos de saúde, pensões e aposentadorias, podendo ainda, facilitar a adoção.

Entre os dez ministros presentes, Luiz Fux fez a seguinte afirmação a favor da causa gay “A homossexualidade caracteriza a humanidade de uma pessoa. Não é crime. Então por que o homossexual não pode constituir uma família? Por força de duas questões que são abominadas por nossa Constituição: a intolerância e o preconceito”.

Ponto para o Brasil! Um país extenso e repleto de diversidades sexuais, religiosas e culturais... Alguns direitos, ainda, não são concebidos aos homossexuais, mais a democracia já deu um largo passo. E que essa decisão reflita no dia a dia de milhares de brasileiros para que entendam que todo tipo de liberdade possa ser respeitada.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Instalou-se o Caos!

Há algum tempo os motoristas e cobradores da ÚNICA empresa de transporte coletivo que circula na cidade vem pedindo por reajustes salariais. Pedidos feitos, porém negados! Os funcionários da viação entraram em greve na terça-feira (03) pela manhã, instalando-se o caos na vida de milhares de pousoalegrenses. Estima-se que ao menos 20 mil pessoas!

Greve é legalizada. Então já que eles então exercendo o direito de greve... os moradores se viram como pode! Por exemplo, ficando cerca de 2 horas nos pontos de ônibus (geralmente, os passageiros da Princesa do Sul ficam em torno de 15 minutos). E são inúmeros os problemas causados pela paralisação.

A empresa é a única que tem autorização para circular na cidade, e, além disso, tem a tarifa mais cara da região. Independente da greve ou não, este é o momento para se discutir a instalação de uma nova empresa de transporte coletivo na cidade, que não para de crescer.